Brenildo Ayres do Carmo e Geraldo Pontes Araújo, bisnetos do Chico Boticário, colecionadores de documentos, livros, jornais, objetos históricos e pesquisadores da história regional, resolveram em 1999 instituir a Fundação Chico Boticário, doando seu acervo pessoal para o patrimônio inicial da nova entidade, cujo objetivo será promover toda atividade que tenha como fim a VALORIZAÇÃO DO HOMEM.


Igreja Matriz de Rio Novo, demolição em 1965


Interior Matriz Antiga de Rio Novo


Interior Matriz de Nossa Senhora da Conceição

 

Desenvolvido por Absoluta Internet